Seguros essenciais: por que não se deve abdicar do seguro de transporte?

A Covid-19 trouxe inúmeros prejuízos materiais e também pessoais em todo o mundo, principalmente no Brasil. A insegurança cresceu e uma nova necessidade foi fortalecida: a de estar amparado em momentos imprevisíveis. Assim, o crescimento pela procura de seguros, não só o de vida, deu um boom, com a contratação para vários setores do cotidiano. 

 

Para quem busca ficar resguardado em todos os âmbitos, o seguro é uma opção vantajosa e adequada que abrange vários segmentos. Segundo uma pesquisa realizada, somente no primeiro semestre de 2022, a adesão a seguros teve faturamento de mais de R$13,1 bilhões de reais, comparado ao mesmo período no ano anterior. Entre os seguros que tiveram maior crescimento, podem ser destacados o de vida, automóvel, danos e responsabilidades e também o de transporte. Entretanto, para a contratação, é necessário conhecer a fundo os diversos seguros e quais benefícios cada um oferecem no dia a dia. 

 

O que é um seguro?

 

O seguro possui o objetivo de proteger o que uma pessoa considera de mais importante ao garantir, que caso ocorra algum dano, o beneficiário seja protegido e resguardado financeiramente. Em forma de contrato, o assegurado possui defesa e garantia não só em assuntos particulares como também em acordos formais ao ser preservado de perdas patrimoniais. Entre os seguros mais conhecidos e contratados podemos destacar:

     

      • Vida;

      • Saúde;

      • Patrimônio;

      • Automóvel;

      • Transporte;

      • Rural;

      • Riscos financeiros;

      • Riscos especiais;

      • Habitacional;

      • Pessoas Individual;

      • Marítimos;

    • Aeronáuticos.
     

    Além dos seguros opcionais, alguns são obrigatórios, como o caso do DPVAT, que indeniza por danos pessoais causados por veículos automotores em vias terrestres e também o Seguro de Acidentes de Trabalho – SAT –  a qual é uma contribuição feita pelas empresas de modo a custear os benefícios do INSS de colaboradores que tiveram acidente de trabalho ou sofrem de doença ocupacional, etc.

     

    Seguro transporte: o que você precisa saber

     

    O seguro de transporte ou seguro de transporte de carga é um dos seguros obrigatórios por lei, que protegem as organizações de perdas ou danos dos itens transportados, garantindo indenizações e assim não prejudicar o negócio. Esse seguro é incluso e assegura as cargas nos transportes marítimos, terrestres e aéreos, tanto nos percursos nacionais como também nos internacionais. 

     

    Outra preocupação latente são os roubos de cargas, que infelizmente estão crescendo no Brasil. Com roubos concentrados na região Sudeste, somente em 2021 foram calculados mais de R$1,27 bilhão em prejuízo para as empresas que atuam nesse segmento. Em momentos como esse, o seguro se faz indispensável para os empresários que, ao serem lesionados, recorrerem ao sinistro. 

    Diante disso, alguns danos às mercadorias  também podem ser resguardados com o seguro de transporte, que incluem quedas, colisões, extravios, incêndios, entre outros. 

     

    Conheça outros tipos de seguros de transporte

    Além dos seguros obrigatórios, existem outros seguros que não se encaixam na categoria, mas são tão importantes quanto, pois também garantem a proteção dos bens e produtos transportados. Entre esses seguros podemos destacar: 

     

    1 –  RCTR-C: Seguro de responsabilidade civil do transportador rodoviário de carga

    Mesmo que obrigatório, esse seguro é um dos mais importantes adquiridos pelos empresários. Além de ser válido em todo o território nacional, ele garante ao transportador rodoviário o reembolso por danos causados em colisões, acidentes, incêndios e também tombamentos. Ele é válido da saída do CD – Centro de Distribuição – a entrega da carga ao destinatário. 

     

    2 – Seguro de Transporte Nacional

    Essa opção de seguro é opcional para pessoas físicas, porém obrigatório para pessoas jurídicas e possui finalidade parecida ao RCTR-C. O seguro assegura o pagamento de indenizações durante o transporte de itens em viagens no Brasil, seja o transporte por via terrestre, aérea, ferroviária ou marítima. 

     

    3 – Seguro de Transporte Internacional 

    Esse seguro não é obrigatório, mas resguarda empresas que atuam no Comércio Exterior. As organizações optam por esse tipo de seguro na compra ou venda – seja importador ou exportador – para obter uma proteção nas transações internacionais. Esse seguro possui duas categorias, sendo: 1) o seguro avulso, ideal para somente uma viagem e 2) o seguro apólice aberta, indicado para negócios que realizam mais de uma operação por mês. 

     

    Os seguros, princialmente o de transporte, dão segurança e recursos para gestores não perderem seus investimentos. Além disso, possuem garantias que dão suporte em momentos conflituosos. 

     

    Aderir a um seguro é proteger o patrimônio e garantir estabilidade em meio a crises. 

    Contar com especialistas na área, assim como os da Criteria Investimentos, contribui para que as apólices sejam cumpridas e as mudanças na legislação sejam rapidamente adequadas, evitando prejuízo e otimizando os lucros. 

    Conheça outros seguros importantes para você e o seu negócio.

    Confira nossos Posts Recentes

    Abra uma conta para você ou sua empresa

    Fale com um assessor e entenda todas as nossas soluções.

    Este site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar navegando você aceita nossa Política de Privacidade.