Criteria Weekly – greve dos transportes públicos na Inglaterra

As principais notícias macroeconômicas e atualizações da semana sobre o mercado que impactaram seus investimentos você confere na Criteria Weekly!

No editorial dessa semana, trouxemos as principais notícias sobre Brasil, USA, China e Zona do Euro, envolvendo câmbios, desastres naturais e também a greve para o aumento do salário na Inglaterra. 

ÍNDICES GLOBAIS, MOEDAS E COMMODITIES

criteira-weekly-criteria-investimentos-partners

BRASIL

IBOVESPA

O Ibovespa teve uma semana rígida devido a pautas políticas, em específico a PEC da Transição, que custará R$ 175 bilhões. Os ativos ligados ao minério lideraram as altas do índice, com Vale e CSN subindo dois dígitos. Destaque para as empresas de commodities, como mineração, papel, celulose e proteínas. 

O setor bancário foi um dos principais detratores do índice, com resultados do Itaú e Bradesco abaixo da expectativa do mercado. Na semana, 74 empresas apresentaram queda, enquanto 18 empresas tiveram alta.

GASOLINA

Preço da gasolina sobe pela 5ª semana e ultrapassa os R$5,00 nos postos. Valor médio do litro passou de R$ 4,98, na semana passada, para R$ 5,02, nesta semana; preço máximo registrado nesta semana foi em São Paulo, onde o litro é vendido a R$ 7,54.

DRIVERS MACRO ECONÔMICOS

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo

O IPCA subiu 0,59% em outubro, após recuo de 0,29% em setembro. Com a alta, o IPCA interrompe uma sequência de três meses seguidos de deflação.

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal

O IPC-S subiu 0,71% na chamada primeira mediação de novembro, vindo de 0,69% na semana anterior, a do encerramento de outubro, e acumulando alta de 4,66%  nos últimos 12 meses.

O Índice Geral de Preços – Disp. Interna

O IGP-DI medido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), registrou deflação de 0,62% em outubro deste ano. Foi o quarto mês seguido com deflação: o indicador vinha de quedas de 0,38% em julho, 0,55% em agosto e de 1,22% em setembro.

ESTADOS UNIDOS

DRIVERS MACRO ECONÔMICOS

Pedidos de seguro desemprego sobem para 225 mil na semana, acima dos 220 mil previstos.

A inflação ao consumidor (IPC) chegou a 7,7% em outubro, na comparação anual, e subiu 0,4% em relação a  setembro. A taxa anual ficou abaixo dos 8,2% de setembro e foi a menor desde janeiro. 

EMISSÕES DE METANO

Biden anuncia restrições às emissões de metano e financiamento para países da África. “Reduzir as emissões de metano em 30% até 2030 é uma das melhores maneiras de atingir a meta de limitar o aquecimento global em 1,5 °C”.

NASDAQ

Índice americano registrou a maior alta semanal desde junho, com alívios inflacionários impulsionando as empresas de tecnologia. O setor de tecnologia norte-americano registrou alta de 8,10%.

FURACÃO NICOLE

Furacão Nicole causa quatro mortes e força a evacuações de prédios instáveis. A tempestade foi especialmente forte no condado de Volusia, a nordeste de Orlando, onde as autoridades disseram que os inspetores consideraram 24 hotéis e condomínios inseguros. 

CHINA

RESTRIÇÕES

A China diminui restrições relacionadas à política de “covid zero”. Anúncio da agência de saúde veio um dia depois de Xi Jinping liderar uma reunião do Politburo, a cúpula do Partido Comunista Chinês, que reafirmou seu compromisso de acabar com pequenos surtos.

SETOR IMOBILIÁRIO

As autoridades chinesas disseram aos bancos de segunda linha do país que distribuíssem mais 400 bilhões de yuans (US$ 56 bilhões) em financiamento para o setor imobiliário nos dois últimos meses do ano. O dinheiro — na forma de empréstimos, hipotecas e investimentos em títulos — se soma aos US$ 85 bilhões de financiamento líquido que os seis maiores credores do país foram instruídos a conceder em setembro.

DRIVERS MACRO ECONÔMICOS

A inflação ao consumidor (IPC) subiu 0,1% em outubro em relação a setembro e 2,1% ante o mesmo mês do ano passado. O consenso apontava para alta de 0,3% mensal e queda de 24% na comparação anual.

Índice de preços ao produtor (PPI) caiu 1,3% na comparação ano a ano em outubro. O consenso  era de uma que da mais acentuada, de 1,5%.

HANG SENG

Com perspectiva de suavização nas restrições e lockdowns, as bolsas asiáticas recuperaram fortemente na semana. Com destaque para a bolsa japonesa, que subiu 9,88% enquanto as ações de Hong Kong (HANG SENG) tiveram alta de 7,39%.

ZONA DO EURO

As bolsas europeias encerraram a semana em alta, com o Eurostoxx registrando +9,1%.

RECESSÃO

Condições de financiamento mais apertadas devem levar a economia da zona do euro à recessão no 4º trimestre, segundo a Comissão Europeia, devido aos altos preços de energia e uma queda na atividade econômica. Segundo a comissão, o Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro deve crescer apenas 0,3% em 2023, rebaixando sua previsão de julho de alta de 1,4%. O crescimento econômico da zona do euro é projetado em 1,5% em 2024.

DRIVERS MACRO ECONÔMICOS

O Índice de Preços ao Consumidor da Alemanha subiu 10,4% em outubro em relação ao ano anterior, atingindo a leitura mais alta desde dezembro de 1951. O dado ficou em linha com as expectativas de mercado. 

A produção industrial da Alemanha cresceu 0,6% em setembro de 2022 ante agosto, projeção era de queda de 0,2%. Na comparação anual, o aumento da produção foi de 2,6%.

INGLATERRA

GREVE

Milhões de pessoas foram afetadas em Paris e em Londres por uma greve dos transportes públicos, nesta quinta-feira (10). Os sindicatos da França pedem aumento de salário, enquanto os do Reino Unido se opõem às reduções de custos da empresa de transportes. Os movimentos sociais se intensificam na Europa diante da inflação recorde. Em Londres, a greve foi convocada pelos sindicatos contra os cortes de custos na empresa que opera o transporte público (TFL), o que inclui a supressão de 600 postos de trabalho nas estações de metrô e um projeto da TFL de modificar o financiamento das aposentadorias dos agentes.

O Produto Interno Bruto da Grã-Bretanha caiu 0,2% de julho a setembro deste ano, segundo dados divulgados na sexta-feira (11).

A Criteria Weekly é uma ação da Criteria Investimentos. Semanalmente novos dados são publicados e atualizados. Continue acompanhando nossos conteúdos!

Confira nossos Posts Recentes

Abra uma conta para você ou sua empresa

Fale com um assessor e entenda todas as nossas soluções.

Este site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar navegando você aceita nossa Política de Privacidade.