Como investir em imóveis no exterior?

Você já pensou em investir em imóveis no exterior? Se sim, você não está sozinho. De outubro a dezembro de 2022, brasileiros investiram cerca de US$ 72 milhões (R$ 379 milhões) em compra de imóveis fora do país, segundo um levantamento recente. Esses investimentos vêm tanto de famílias que desejam mudar definitivamente quanto de empresários que buscam “dolarizar” seu patrimônio em meio ao cenário econômico brasileiro atual.

Com a Flórida sendo o destino mais popular entre os brasileiros e Portugal anunciando mudanças drásticas em suas regras para estrangeiros, o mercado de imóveis no exterior está mais dinâmico do que nunca.

Agora, vamos explorar como você pode entrar nesse mercado de forma segura e eficaz. Vamos começar?

Boa leitura!

O que é e porque Investir em Imóveis no Exterior?

Investir em imóveis no exterior é mais do que apenas comprar uma propriedade em outro país; é uma forma estratégica de diversificar seu portfólio e potencialmente aumentar seus rendimentos. Mas quais são os benefícios específicos que tornam esse investimento tão atraente?

Investir fora do Brasil oferece várias vantagens, como a diversificação de portfólio e a valorização cambial. Além disso, alguns países oferecem incentivos fiscais e facilidades de financiamento para estrangeiros. Agora que você conhece as vantagens, o próximo passo é escolher o país certo para o seu investimento.

Como escolher o país certo?

A escolha do país é crucial. Portugal, por exemplo, oferece o Golden Visa, enquanto o Reino Unido tem um processo de compra mais simples. Cada país tem suas próprias vantagens e desvantagens, então escolha com sabedoria.

Depois de escolher o país, você precisará encontrar uma corretora de confiança e reunir a documentação necessária. Além disso, é crucial avaliar as formas de pagamento e transferência de dinheiro. 

Financiamento e formas de pagamento

O financiamento varia de país para país. Em Portugal, pode se estender até 60 anos para os mais jovens, enquanto no Reino Unido, você pode optar por uma hipoteca. Mas, independentemente do método de pagamento, há alguns cuidados que você deve tomar.

Principais cuidados: fique atento

Antes de fechar o negócio, informe-se sobre as leis locais e busque o auxílio de consultores imobiliários. Além disso, verifique toda a documentação do imóvel para evitar surpresas desagradáveis. E para garantir que você está fazendo a escolha certa, aqui vão algumas dicas extras.

Considere o custo de vida do país e avalie o potencial de valorização do imóvel. Também fique atento às taxas e impostos que podem ser aplicados.

Investir em imóveis no exterior é uma jornada emocionante, mas que requer planejamento e cuidado. Com as informações e dicas fornecidas neste conteúdo, você está um passo mais perto de fazer um investimento bem-sucedido.

Confira nossos Posts Recentes

Abra uma conta para você ou sua empresa

Fale com um assessor e entenda todas as nossas soluções.

Este site utiliza cookies para te proporcionar uma melhor experiência. Ao continuar navegando você aceita nossa Política de Privacidade.